Destaques

Seja repórter no pl122.com e escreva seus artigos relacionados com nosso conteúdo...Participe, esperamos por você! Cadastre-se e comece a publicar! CLIQUE AQUI PARA SE CADASTRAR

Procurar por:

Deputado gay ameaça denunciar o Brasil a cortes internacionais

Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 1
PiorMelhor 

Deputado gay ameaça denunciar o Brasil a cortes internacionais

O deputado pode acionar as cortes internacionais como resposta à “perseguição” dos homossexuais pelos religiosos.

O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) diz que pode acionar as cortes internacionais, baseando-se em tratados de direitos humanos dos quais o Brasil é signatário, como resposta à “perseguição” sofrida pelos homossexuais por parte de fundamentalistas religiosos no país. Em Vitória para participar do primeiro seminário sobre Direito homoafetivo realizado pela Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Espírito Santo (OAB-ES), o deputado frisou que não se refere a toda a comunidade cristã, mas apenas parte dela.

“Se a perseguição sistemática aos homossexuais recrudescer por parte dos fundamentalistas religiosos – não me refiro à comunidade cristã como um todo, mas aos fundamentalistas, aqueles que usam a Bíblia para violentar a diginidade da pessoa humana – eu vou acionar as cortes internacionais. Porque o Brasil subescreveu tratados de defesa dos direitos humanos. Porque isso é violação de direitos, o que não podemos permitir”.

Sobre o projeto do Ministério da Educação (MEC) “Escola Sem Homofobia”, também chamado de Kit anti-homofobia, que foi suspenso pela presidente Dilma Rousseff (PT), Jean Wyllys diz que o Executivo cedeu à chantagem feita por deputados da chamada bancada evangélica, que não pediria explicações sobre o aumento do patrimônio do agora ex-ministro Antônio Palocci se a presidente cancelasse o kit. “Naquele momento o governo estava pressionado pela questão do ministro Palocci, que acabou caindo depois. Foi aí que os opositores da cidadania LGBT encontraram a brecha para chantagear o governo. O governo cedeu”.

Ainda sobre o Kit, o deputado rebateu as criticas de que o material a ser distribuído nas escolas pudesse ser um incentivo a que os estudantes se tornassem homossexuais. “O projeto não faz proselitismo e nem pode transformar ninguém. A orientação sexual de ninguém pode ser estimulada por meio de livro didático. Se fosse, eu seria heterossexual, porque todos os livros que eu estudei o incentivo era para ser heterossexual, mas minha sexualidade é homossexual”.

O coordenador da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Gustavo Bernardes, diz que a suspensão do “Escola sem homofobia” não significa que o governo federal não esteja preocupado com a homofobia nas escolas e que outros projetos são estudados.

O jornalista e cronista Jace Theodoro, que fez uma participação na abertura do seminário, diz que no Espírito Santo, como de forma geral no brasil, a homofobia e posições contrárias ao reconhecimento da união homoafetiva surgem da falta de informação. “Ninguém está falando sobre casamento na igreja, não queremos casar de véu e grinalda. Queremos apenas direitos civis, como partilha de bens e herança. Isso beneficia os homossexuais e não prejudica os heterossexuais”, afirmou.

Homossexualidade e pedofilia

Questionado sobre declarações do senador Magno Malta (PR-ES), que faz parte da bancada evangélica, o deputado do PSOL diz que o senador age de má fé.

“Chega a ser má fé do senador Magno Malta associar homossexualidade à pedofilia. Quem pratica largamente a pedofilia no Brasil são homens heterossexuais. As vítimas preferenciais são meninas. Os dados são do IBDFAN (Instituto Brasileiro dos Direitos da Família). As meninas são arrastadas para prostíbulos. Elas são abusadas por padrastos e até pelos pais”.

A assessoria do senador Magno Malta informou que o parlamentar não fala por má fé e sim com base em dados da CPI da Pedofilia, que foi presidida pelo próprio Malta.

Enviado por folhagospel em 14/06/2011 07:28:47

Fonte: Gazeta Online


Comentários  

 
-1 # jonathan martins 15-06-2011 18:30
os fundamentalista s e fanáticos cristãos vêm perseguindo sistematicament e os adeptos da Umbanda e do Candomblé, inclusive com invasões de terreiros e violências físicas contra lalorixás e babalorixás como denunciaram várias matérias de jornais: é o caso do ataque, por quatro integrantes de uma igreja evangélica, a um centro de Umbanda no Catete, no Rio de Janeiro; ou o de Bernadete Souza Ferreira dos Santos, Ialorixá e líder comunitária, que foi alvo de tortura, em Ilhéus, ao ser arrastada pelo cabelo e colocada em cima de um formigueiro por policiais evangélicos que pretendiam “exorcizá-la” do “demônio”.

O que se tem a dizer? Ou será que a liberdade de crença é um direito só dos cristãos?

Talvez não se saiba, mas quem garantiu, na Constituição Federal, o direito à liberdade de crença foi um ateu Obá de Xangô do Ilê Axé Opô Aforjá, Jorge Amado. Entretanto, fundamentalista s cristãos querem fazer uso dessa liberdade para perseguir religiões minoritárias e ateus.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
0 # Marcelo 15-06-2011 20:03
Infelizmente Jonathan, fundamentalista s existem em todos os meios, em todas as sociedades...
mas, pessoas inteligentes não julgarão a maioria por causa dos atos de uma minoria, não é? (isso é valido para todo ser humano)
Responder | Responder com citação | Citar
 

Adicionar comentário

-> Não serão admitidos títulos ofensivos.
-> Os post com insultos ou que faltem ao respeito a outros usuários serão apagados e em caso de repetição será suspenso.
-> Não se permitem comentários racistas ou que não cumpra com os dispositivos de lei em vigor no Brasil.
-> As mensagens que contenham SPAM, conteúdos ofensivo, abusivo, difamatório, ilegal, odioso, obsceno ou sexualmente explícito serão apagados e em determinados casos o usuário será advertido.
-> Cada um é responsável pelo que escreve, logo,assume as consequências do conteúdo publicado.
-> O IP de cada comentário é gravado e disponibilizado em caso de inquérito.
-> Não somos responsáveis pelos conteúdos aqui publicado por pessoas externas a nossa equipe.


Código de segurança
Atualizar

Inquéritos

A PL122 e você:



Ligações em destaque:

Publique no

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje483
mod_vvisit_counterOntem238
mod_vvisit_counterNessa semana2177
mod_vvisit_counterÚltima semana2604
mod_vvisit_counterNesse mês8379
mod_vvisit_counterMês passado13709
mod_vvisit_counterSempre419709

We have: 4 guests online
Seu IP: 54.82.1.136
 , 
Hoje: 18 Abr, 2014

Últimos Comentários

  • Respeitamos todas as opiniões, sexualidades, direi...
  • mentiroso, tu nunca foi evangélico na vida , tu fa...
  • Vamos deixar de ser ignorante,e respeitar aquilo q...
  • :-| Uma coisa sei que Jesus está agora mais perto ...
  • Edevaldo - A homoafetividade , só é abominação na ...
You are here:   EntradaNotíciasDeputado gay ameaça denunciar o Brasil a cortes internacionais
| + - | RTL - LTR